sábado, 6 de agosto de 2016

UM PLANETA MELHOR QUE A TERRA? (Pesquisa Termografia)



Esta aqui não é a Terra. Trata-se de um planeta bem melhor que o nosso. Pois é: sempre pensamos que o melhor tipo de astro para abrigar vida era este aqui debaixo dos seus pés.

Mas não: alguns astrônomos imaginam que estamos enganados. Redondamente.

EM ALGUNS LUGARES DISTANTES, podem existir planetas tão cheios de vida que fariam os melhores paraísos da Terra parecerem inóspitos como um deserto. Eles seriam parte de uma recém-catalogada categoria de planetas, a dos ”super-habitáveis”, ou seja, bem melhores para a vida que o nosso.O mundo habitável mais próximo de nós pode estar na nossa vizinhança espacial, segundo um estudo recém-publicado na revista Nature.
Cientistas da Universidade Queen Mary de Londres, no Reino Unido, dizem que a estrela mais próxima de nosso Sistema Solar, a Proxima Centauri, é orbitada por um planeta do tamanho da Terra, o Proxima b.
"Acredito que essa seja a descoberta mais importante possível de um exoplaneta", diz Carole Haswell, pesquisadora da Open University, em referência ao nome dado a mundos existentes fora do nosso Sistema Solar. "O que poderia superar um planeta habitável que orbita a estrela mais próxima do Sol?"

É sério. O conceito foi publicado pela primeira vez no periódico científico Astrobiology, em 2016 e segue com a administração da estação Internacional, por obra de René Heller, da Universidade McMaster, no Canadá, e John Armstrong, da Webert, uma universidade americana. 

E olha que nem foi tão difícil achar possibilidades atraentes, mas a indícios de civilização, edifícios e maquinas abaixo da terra, a expectativa é observar por sondas bio-robóticas, entender o seguimento da vida neste local e presença de água subterrânea em estado liquido e frequente intensidade de redes eletromagnética. 

A Terra é praticamente um rockstar cósmico: um astro de vida intensa, mas que deve morrer jovem. Nosso planeta nasceu 4,6 bilhões de anos atrás, mas as primeiras centenas de milhões de anos foram bem turbulentas, com frequentes impactos de asteroides rotineiramente derretendo toda a superfície. Assim que as coisas se acalmaram, há 3,8 bilhões de anos, imediatamente apareceram as primeiras formas de vida, como os registros fósseis nos mostram. A história biológica do nosso planeta, enfim, faz parecer que foi tudo fácil.

Planeta Terra

O segredo, para os cientistas, foi a presença de água em estado líquido subterrânea e superficial. E isso, por sua vez, só foi possível porque a Terra está na distância certa do Sol, nem muito perto, nem muito longe.

A termografia de infravermelhos é uma técnica não-destrutiva telemétrico capaz de determinar a temperatura de uma superfície radiante. Na construção e método termográfico campo arquitetônico é capaz de realçar as descontinuidades térmica causada, por exemplo, pela presença de degradação da estrutura, a umidade, a delaminação de materiais de construção e pela diferente capacidade de radiação dos componentes estruturais, tais como pedras, gesso, pedra natural , elementos de metal, madeira. As imagens de infravermelhos são transformados, através do uso de software de processamento específica (Irosft e NRG), em imagens radiométricos que permitem a leitura dos valores de temperatura nos vários pontos das próprias imagens. 






O mapa NDVI (indice de vegetação diferente normalizado) quantifica e localiza zonas saudáveis, e zonas que necessitam de cuidado especial, de modo a eliminar ou reduzir a patologia. Através desta metodologia as culturas agrícolas são maximizadas, o que leva ao aumento do rendimento.


Os mapas são todos georeferênciados de modo a poderem ser utilizados numa base de dados geográfica comum. 


Aplicações agrícolas

Verifique estresse hídrico de culturas. Árvores Verificação de status de frutas hastes ou madeira. Verifique a umidade do solo. Verifique a posição correta da temperatura interna das plantas.



                    PESQUISA DE FONTES DE ÁGUA - ÁGUA QUENTE OU TÉRMICA

A pesquisar para encontrar fontes de água, águas quentes ou térmicas que exploram a diferença de temperatura que as águas em relação ao contexto ambiental.

A descoberta é importante porque pode impactar os esforços para a conservação dos meio ambiente e conservação do planeta: ao tentar proteger ou recriar o ambiente ideal para seres vivos, os cientistas precisam se atentar não só a vegetação possa contribuir para o não aquecimento local, onde também em troncos mais frescos para que os animais possam sobreviver a ondas de seca e calor.




Welton Santos
espec. architect and biologist construction


Consultancy and Projects
Architecture & Biology Building
"Principles of healthy and organic architecture projects"